Edição nº 758 de 20 de Novembro de 2017

Vítor Figueiredo em respostas rápidas ao Dão e Demo: Mirtilos? Cogumelos? Vinha? Eucaliptos? (…)


2016-07-19

Na sequência da grande entrevista que efetuámos com o engenheiro Vítor Figueiredo e que publicámos na edição Dão e Demo de 14 de julho, lançámos, igualmente, ao nosso entrevistado um desafio, o de responder com frases muito curtas a algumas palavras relativas a frutos ou a atividades agroflorestais.

Deixamos, de seguida, as respostas que Vítor Figueiredo nos deu e que podem, de algum modo, ser inspiradoras para quem quiser vir a ponderar uma ligação, ou já a tenha, ao mundo rural.

 

Mirtilos?

Uma oportunidade de negócio para se conseguirem bons rendimentos e produtos de elevada qualidade em pequenas áreas na região.

Cogumelos?

Uma oportunidade de negócio em minifúndios com maior risco. Muito trabalho a fazer na concentração da oferta e sua promoção.

Vinha?

Excelentes condições edafo-climáticas, contudo o preço pago ao produtor deverá aumentar de forma a tornar a atividade mais rentável. Por outro lado, a área média por produtor terá de ser maior de forma a tronar as explorações economicamente viáveis.

Eucaliptos?

Boa oportunidade de negócio, com retorno a curto prazo. Apenas deveria ser permitido em áreas indicadas para a atividade florestal.

Choupos?

Pode ser uma boa opção para os terrenos mais lentos, contudo há que ordenar a sua instalação, salvaguardando as linhas de água e os solos com elevada aptidão agrícola.

Carvalhos?

Espécie nobre, de crescimento lento, muito bem adaptada á região e pouco combustível. É um investimento a longo prazo, que deveria ser estimulado com incentivos não reembolsáveis. Boa opção para funcionar como linha contra-fogo em plantações de resinosas.

Aviários?

Muito boa oportunidade de negócio com bom retorno. Mais de metade do orçamento do PRODER foram para estes investimentos. Investimentos muito interessantes para as regiões desfavorecidas, que pode promover a fixação dos jovens durante todo o ano no interior. Produto pouco perecível, e com grande procura, devido a ser uma carne branca e a preço acessível. Alerto que o negócio da comercialização está nas mãos de dois ou três grupos económicos, que por vezes podem atuar concertadamente.

Regadio?

Água é a base da vida! Fundamental para produzirmos em quantidade e qualidade, de forma a tornar rentável as explorações agrícolas. Temos um bom exemplo o Alqueva. Transformou uma enorme área de sequeiro em regadio.


Partilhe:

© 2017 Dão e Demo - Todos os direitos reservados