Edição nº 586 de 30 de Maio de 2017

Aluna de Sátão foi premiada no concurso ‘Faça lá um Poema’


2017-03-28

Aluna de Sátão, da Escola Ferreira Lapa, Irina Mendes, ficou em 2º lugar no concurso nacional “Faça lá um Poema”, na categoria do 2º ciclo.

O Plano Nacional de Leitura tem lançado, de há oito anos a esta parte, o desafio às escolas públicas e privadas de todo o país, para a participação de alunos, dos níveis de ensino Básico e Secundário, no Concurso “Faça lá um Poema”.

A edição deste ano contou com a colaboração da Fundação Centro Cultural de Belém (CCB) no âmbito das comemorações do Dia Mundial da Poesia. Assim, as comemorações do Dia Mundial da Poesia foram adiadas de 21 para 25 de março, no passado sábado e nesse dia decorreu a entrega dos prémios aos alunos presentes e uma homenagem simbólica, orquestrada pelo grupo Fábrica das Artes, a Mário Cesariny,  poeta e pintor surrealista.

É de salientar que estiveram em apreciação 490 poemas, provenientes de cerca de 130 escolas de todo o país, para apuramento dos três vencedores de cada ciclo de ensino.

O nosso agrupamento tem participado, desde sempre, no concurso “Faça lá um Poema”, contudo  só este ano tivemos o grato prazer de ser contemplados com um honroso segundo lugar, ao nível do 2º ciclo, atribuído ao trabalho/poema da aluna Irina Mendes do 5º B, da Escola Básica Ferreira Lapa.

Foi com muito orgulho que os pais acompanharam a aluna até ao CCB, em Lisboa, onde decorreu a cerimónia de entrega dos prémios aos alunos do 1º , 2º  e 3º  ciclos do Ensino Básico e Ensino Secundário.

A nível de  escola, a equipa da Biblioteca, que divulga e dinamiza esta atividade, procedeu ao apuramento daquele que foi considerado o melhor poema de entre os que se apresentaram a concurso das turmas do 5º e 6º ano, uma vez que o regulamento só permite concorrer com um trabalho por ciclo.

A Irina está de parabéns, foi um dia bem recheado de emoções, que ela viveu com muita calma e serenidade, representando muito bem o nosso agrupamento, tanto na postura como na apresentação do seu poema.

No público esteviram presentes os familiares dos alunos premiados, professores,  alguns dos membros do júri, o Comissário do PNL, Fernando Pinto Amaral e os senhores Secretário de Estado da Educação, João Costa e Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues.

Usando algumas das palavras aí referidas e que subscrevo como minhas, devemos congratular-nos com o facto de haver tantos jovens que lêem e que escrevem (tão bem, diria eu), mas a nossa aposta tem de ser, continuar sempre, e cada vez mais, a incentivar e orientar os nososs jovens nos caminhos da leitura e da escrita. 

Rosa Quinteiro


Partilhe:

© 2017 Dão e Demo - Todos os direitos reservados