Edição nº 781 de 13 de Dezembro de 2017

Está aberto concurso para recrutamento de guardas para a GNR


2017-07-22

Está aberto o concurso, entre 17 e 28 de julho, de Admissão ao Curso de Formação de Guardas 2017/2018, promovido pela GNR.

O concurso é exclusivamente via eletrónica através do portal de recrutamento e as condições gerais para ser admitido são as seguintes:

«Ter nacionalidade portuguesa;

Possuir qualidades morais e comportamento cívico que se ajustem às características expressas no n.º 2 do artigo 3.º do EMGNR;

Não ter sido condenado por qualquer crime praticado com dolo;

Não ter menos de 18 nem ter completado 27 anos de idade em 31 de dezembro do ano de publicação do aviso de abertura do concurso no Diário da República;

Ter reconhecida aptidão física e psíquica e cumprido as leis de vacinação obrigatória;

Ter como habilitações literárias mínimas o 12.º ano de escolaridade ou equivalente, a que corresponde o nível 3 ou 4 de qualificação do Sistema Nacional de Qualificações;

Não estar inibido do exercício de funções públicas ou interdito para o exercício das funções a que se candidata;

Estar, no caso de se encontrar a prestar ou ter prestado serviço militar efetivo, na situação disciplinar exigida nas condições especiais de admissão ao concurso;

Sendo militar em regime de contrato ou voluntariado, ser autorizado a concorrer e a ser admitido na Guarda pelo respetivo chefe de estado-maior;

Não estar abrangido pelo estatuto de objetor de consciência;

Tendo cumprido a Lei do Serviço Militar,não ter sido julgado como incapaz para o serviço militar,nem ter sido considerado inapto na respetiva junta de recensamento,ou tendo sido julgado incapaz ou inapto,as causas objetivas entretanto tenham sido sanadas;

Não ter prestado serviço militar nas Forças Armadas, nos regimes de contrato ou voluntariado, como oficial;

Ter, no mínimo, 1,60 m de altura, se for candidato feminino e 1,65 m, se for candidato masculino (requisito verificado em exame médico);

Para os candidatos que prestaram ou estejam a prestar serviço militar em RC ou RV, não ter sofrido qualquer punição disciplinar igual ou superior a 10 dias de detenção e/ou proibição de saída;

Não ter sido dispensado da frequência de cursos de formação de guardas anteriores, nos termos dos n.ºs 1 e 2 do artigo 245.º do EMGNR;

Não ter sido eliminado dos estabelecimentos de ensino militar ou das forças ou serviços de segurança, por motivos disciplinares ou por incapacidade para o serviço;

Não ostentar tatuagens, "piercings" ou outras formas de arte corporal que sejam visíveis.»

Fonte: GNR


Partilhe:

© 2017 Dão e Demo - Todos os direitos reservados